O embuste do teste dos edifícios

Analisando o experimento da Terra Convexa sobre a altura dos edifícios entre Torres/RS e Natal/RN, independentemente das distancias das cidades, a diferença entre as distancias da base e do topo dos edifícios seria as seguintes:

Para edifícios com altura de 50 metros, seria de 0,00078%,

para edifícios com altura de 100 metros, seria de 0,00157%,

para edifícios com altura de 500 metros, seria de 0,00235%.

Veja a memoria de cálculo para 100m. Dados da Terra:

   .R – Raio da terra: 6.371.000,00 m

   .C – Circunferência da terra: 40.030.173,59 m  (C=2*Pi*R)

Para um edifício de 100m:

   .R100 – Raio da terra + Edifício: 6.371.100,00   (R100 = R+50m)

   .C100 – Circunferência da terra + Edifício: 40.030.801,91  (C100=2*Pi*R100)

   .D100 – Diferença entre R100 e R: 628,32m   (D100 = C100-C)

   .P100 – Percentagem da diferença em relação circunferência = 0,00157%

Ou seja:

   Se os dois edifícios tiverem a 1.000m de distância na base, no topo, a distância será é 1.000,015 ou seja 1,5cm,

    Base = 1.000,00 m

    Topo = 1.000,00 * P100/100 = 1.000,015

 

Extraído do blog do Eng. Ivanberg:

http://engivanberg.blogspot.com/2018/03/teste-dos-edificios.html?view=flipcard

(Visited 69 times, 1 visits today)

You might be interested in

avatar
5000
  Subscribe  
Notify of